Booger Network

Sobre a Rede

Booger Network é uma compilação de blogs dispostos em diversas categorias. Estamos em fase de expansão e em breve teremos mais blogs e diferentes categorias.

Anuncie

Integer erat orci, congue sed feugiat eu, pharetra in tellus. Nulla vel est et mi fermentum ullamcorper at a justo. Fusce scelerisque nisi vehicula mauris placerat quis accumsan dolor adipiscing. Donec tempus, nibh ut volutpat fermentum, mauris sem imperdiet ante, at dignissim magna tortor in dui. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Contato

Blogueiros

Praesent ac elit metus. Ut sed sem nec lorem fringilla molestie a vel risus. Phasellus a commodo felis. Praesent at libero velit.

Leitores

Donec facilisis, sapien ut elementum faucibus, justo urna dignissim sapien, vel elementum lorem est euismod nisi.

Anunciantes

Fusce vitae nunc mi, quis faucibus orci. Nam id lorem justo. In arcu lectus, commodo eget pharetra sed, rutrum quis sapien.

Não aguento mais ser gorda

por em 21/11/2013 às 13:12

Papo com o leitor, Textos (Gabe)

tumblr_luzrtagcJS1qezus0o1_500“Oi linda, espero que responda esse e-mail.

Meu nome é Sheila, tenho 36 anos, sou casada e sem filhos (apesar de querer muito). Há tempos tento (na verdade só penso… rs) perder o excesso de peso que me deixa tão triste, cheguei a fazer um blog com o foco nisso. O nome era “Agora já é passado”, mas abandonei, parei de escrever.

Queria suas dicas pois preciso muito, ando deprimidíssima e o peso tá agora mais que nunca me deixando louca!

Beijos flor”

Querida, passei por isso toda a minha vida, mesmo quando era magra. Antes da puberdade eu sofria por ser “grande”: eu era magérrima, despeitada e nem tinha quadril ou bunda grande, era um fiapo e me achava gorda e ridícula porque as minhas coleguinhas eram mignon. Depois fui gordinha minha adolescência toda até que entrei em forma com uns 18 anos, antes de entrar na faculdade. Na faculdade engordei 40 quilos.

Minha mãe me cobrava emagrecimento, que eu estava largada, que não me cuidava. “Como que tu deixou chegar nesse ponto?” ela chorava. Percebi que não adiantava entrar em desespero por ser gorda ou querer o corpo de outra pessoa. Foi muito sofrido, mas percebi que só conseguiria mudar meu corpo como eu queria se eu aceitasse e amasse esse corpo, ao invés de rejeitá-lo.

Continue lendo →

Vítimas do pornô vingativo

por em 19/11/2013 às 8:44

Notícias

“Na noite de ontem, o Fantástico levou ao ar uma reportagem sobre Júlia Rebeca, uma adolescente do Piauí que cometeu suicídio depois de ter um vídeo de sexo vazado pelo Whatsapp. Ela foi encontrada morta em seu quarto, enrolada no fio da própria chapinha e a polícia ainda investiga as razões do vazamento de suas imagens na internet. A reportagem também mostrou outros casos de vítimas do “caiu na net”, como o de Fran, a goiana que teve sua vida arrasada pelo ex – mais um dos “pornôs de vingança” – e que a gente já mostrou aqui.

revengeheader1

Hoje, outra história parecida aos poucos vira assunto nas redes sociais – o de Thamiris Sato, uma estudante de Letras da USP de 21 anos que se sensibilizou com a reportagem e resolveu contar para todo mundo (com prints e tudo) que está, neste exato momento, sofrendo com o pornô de vingança.

Thamiris (à esquerda, na foto do destaque) contou em seu próprio Facebook (que até a publicação deste post já tem cerca de 1.500 compartilhamentos) que seu ex não só espalhou pela internet fotos onde ela aparece nua, como fez inúmeras ameaças à sua integridade física. Incluindo enviar mensagens deste tipo:

ameaca

Assim que começou a receber estas ameaças, Thamiris fez um B.O. na Delegacia da Mulher e a partir daí viu o boom das suas fotos nuas acontecer no Facebook. Seu ex trabalhou duro na divulgação online, criando diversos perfis fakes e hackeando o email de Thamiris para conseguir spamear melhor. Ela chegou a acionar a família do rapaz, que o defendeu e ainda botou a culpa nela.
Continue lendo →

Trepation Songs - Incubus (Dig)

por em 16/11/2013 às 10:14

Trepation Songs

Os homens de Terry Richardson - Parte 4

por em 13/11/2013 às 13:13

Homens lindos, Imagens

jared leto
Jared Leto

Tobey Maguire
Tobey Maguire

Exif_JPEG_PICTURE

Continue lendo →

Receita de um médico à depressão

por em 12/11/2013 às 17:23

Dicas, Relacionamentos

Essa mensagem está rodando nas redes sociais. Trata-se de um receituário de um médico para uma paciente que, aparentemente, sofre de depressão:

paris

“Não, eu não vejo nenhuma razão de lhe prescrever antidepressivos. Você está apenas triste. Um acontecimento doloroso dói, mas a solução para dor não é a química. Você certamente tem força suficiente para seguir em frente e encontrar os recursos para agir e reagir”.

Achei tão digno!

Intimidade é uma merda

por em 12/11/2013 às 17:11

Vídeos

Amar é para os corajosos

por em 11/11/2013 às 15:03

Contos e Textos, Outros autores, Relacionamentos

424563_200471713391925_178917785547318_281072_1692435926_nComeço de semana. A chuva escorre lenta e implacável pela janela do décimo segundo andar de um dos milhares de prédios que fazem dessa São Paulo uma verdadeira selva de pedras. As buzinas lá de fora ressoam aqui dentro, enquanto um coração bate que não cabe nesse apartamento. Ouço Dominguinhos se lamentando, num forró triste de tanta saudade – eu só quero um amor que acabe o meu sofrer. Um xodó pra mim, do meu jeito, assim, que alegre o meu viver. E quem não quer, brother?

Do monge ao executivo, do diabo ao dono do céu, do rei do camarote ao mendigo da Praça da Sé. Todo mundo quer pão de queijo com chocolate quente em dia frio, cervejinha com mandioca frita em dia quente e um colo carinhoso pra deitar – independente da temperatura que faça lá fora. Acompanhamento? Sexo com intimidade, parceria nos caminhos da vida e um pouco de pimenta, que é pra servir como veneno antimonotonia. Porque bobo ninguém é – a gente sempre quer do bom e do melhor. Mas será que a gente está disposto a pagar o preço que esse banquete vale?

Continue lendo →

Papo com o leitor: Minha namorada de 16 anos quer casar!

por em 9/11/2013 às 11:00

Papo com o leitor, Relacionamentos

image

“Meu nome é Alisson, tenho 18 anos e namoro com uma garota que tem 16, há 1 ano e 4 meses.

De um tempo pra cá, ela vem com essa história de casamento, fica me perguntando porque não nos casamos logo. Eu sempre digo porque não temos condições pra ter uma casa, porque meus pais são separados e meu irmão e eu que sustentamos nossa casa. Tenho um irmão especial e minha mãe não trabalha. Eu não quero morar na minha casa e nem na casa dela, porque a partir do momento que estarei casado, terei que arcar com minhas responsabilidades como homem.

Ela não tem nem o Ensino Médio completo, não trabalha, não sabe o que fará após terminar o colégio e ainda me diz: “quando se ama, não há nada que impeça as pessoas de casarem”. Eu literalmente penso: “Errado!”. Pô, ela quer casar pra morar de aluguel. Eu não quero que isso aconteça jamais. Porque se eu não tiver condições de sustentar minha família, eu não vou começar uma. Quero deixar pra minha mãe alguma ajuda financeira, para que ela se estabilize e não precise mais de nenhuma ajuda.

Meu sonho é constituir família, ter filhos, eu adoro crianças e amo minha namorada mais que tudo! Mas eu gostaria que ela tivesse a compreensão de que no momento não existe essa possibilidade, ela acha que estou só enrolando. Eu acho que ela nem deveria pensar nisso agora, ela tem exemplos das irmãs que casaram cedo, já tem filhos e são adolescentes, donas de casa, que são dependentes dos maridos. Eu não quero isso, quero que ela seja independente, que conquiste suas coisas e tenha sucesso profissional e pessoal.

Se pudesse me indicar o melhor caminho ficaria grato. Vocês fazem um ótimo trabalho com o blog.

Um abraço de um mero leitor,

Obrigado.”

Querido, eu penso que você está correto, além de mostrar o valor que a família tem na sua vida. Vocês estão em um momento em que o estudo e desenvolvimento profissional são o foco, a idade não os impede de casar mas não faz sentido, porque existem outras necessidades que antecedem esse tipo de compromisso.

Continue lendo →

Trepation Songs - Danzig (She Rides)

por em 8/11/2013 às 13:40

+ 18, Trepation Songs

Enviada pelo leitor Luciano Sturm. E aqui temos as FuckSongs enviadas pelo leitor Jean Carlos Gomes.

Continuem participando, porque estamos adorando as sugestões!
gabe@malvadas.org

Pinturas em Preto e Branco

por em 5/11/2013 às 13:33

Imagens

Paolo Troilo é um italiano autodidata que pinta com os dedos, utilizando apenas um pote de tinta branca e um de tinta preta. Seu trabalho consiste em homens desesperados que se dissolvem em respingos e na própria aflição.

Confira seu trabalho abaixo e logo depois, um vídeo mostrando o seu processo criativo, com comentários.

0052012big

0042012big

0082011big

Continue lendo →

Pau na mesa, pra quê?

por em 3/11/2013 às 11:00

Contos e Textos, Feminices, Outros autores

O mundo do trabalho foi desenhado pelos homens. Pelo número de reclamações, não tem funcionado bem. Como as mulheres, que ganham cada vez mais espaço nas empresas, podem mudar essa situação?

mulher-1O censo de 2010 poderia vir com um tapinha nas costas das mulheres. Elas têm a maioria dos diplomas de 15 dos 20 cursos universitários mais populares do país, incluindo medicina e administração. Também têm mais pós-graduação, segundo pesquisa da agência de contratação Catho. Só que, apesar da melhor formação, seguem empacando em cargos mais baixos e ganhando menos que irmãos e maridos.

A situação já era assim em 2000, quando o censo anterior foi divulgado. A novidade é, justamente, que pouco mudou desde então. Em 2012, a consultoria de contratações Michael Page mapeou os salários, em cargos de gestão, maiores que R$ 8 mil no Brasil. Constatou que 72% caem na conta bancária dos homens. Que o mercado é sexista, a maioria dos especialistas já reconhece. Mas uma nova corrente de pensamento diz também que falta às mulheres ambição e, principalmente, saber negociar carreiras que se encaixem em suas vidas.

É o que defende a diretora de operações do Facebook, a americana Sheryl Sandberg, no livro Faça acontecer (Companhia das Letras), que chega este mês às livrarias brasileiras. Sheryl diz que, ainda muito jovens, as mulheres fazem escolhas de carreira que beiram o autoboicote. “Por exemplo, quando são advogadas em um escritório e pensam: ‘Não sei se devo me tornar uma sócia, porque vou querer ter filhos um dia’.” Fazer escolhas precipitadas, diz ela, é o pior caminho. “Se voltar a trabalhar depois de ter filhos for opcional, você só vai fazê-lo se o trabalho for atraente. Mas, se anos antes você parou de se desafiar, a essa altura já vai estar entediada.

Ela admite que as mulheres não cavam o próprio buraco por burrice. Estão, na maioria das vezes, prevendo a sobrecarga causada por trabalho, casa e filhos. Sheryl chama a atenção para o fato de as americanas empregadas em tempo integral fazerem o dobro de trabalho doméstico que seus maridos. Mas, no Brasil, o número é pior: fazem quase três vezes mais que os companheiros (26,6 horas semanais contra 10,5 deles), segundo a Organização Internacional do Trabalho.

Continue lendo →

Trepation Songs

por em 2/11/2013 às 11:00

+ 18, Trepation Songs

Esteticamente Correto

por em 1/11/2013 às 11:00

Contos e Textos, Feminices, Outros autores

wyatt mills3A pobreza da experiência cultural contemporânea agrega dois grupos pseudopolíticos: os “politicamente corretos”, que Nietzsche, no século 19, chamaria de “sacerdotes da moral”, e seus críticos, sempre autoelogiados como “politicamente incorretos”, que seriam hoje “sacerdotes do imoral”, servos daquela moral, só que sob o disfarce da inversão. O “sadismozinho” diário dos antipolíticos politicamente incorretos esconde o desejo de uma crueldade socialmente inviável.

A maldadezinha do cotidiano faz mal às suas vítimas, mas é autorizada ao agente, desde que ele saiba manter as aparências de que tem toda a razão e não é tão mau assim.

A manutenção das aparências como verdadeira força que mantém as condições da dominação é o que chamaremos pela expressão “esteticamente correto”. Enceguecidos pela cultura do espetáculo, não vemos justamente o “evidente”. O velho parecendo novo, o mau parecendo bom, o sujo parecendo limpo, o feio parecendo belo. A correção estética é a expressão da racionalidade técnica da dominação. Exemplos abundam, dos modos de vestir às academias de ginástica.

Continue lendo →

O discurso de um pai no dia do casamento da filha

por em 31/10/2013 às 13:06

Vídeos

Esse pai fez um discurso lindíssimo no dia do casamento da sua filha, só que esse é diretamente para o noivo dela. Vale assistir com um lencinho em mãos, porque eu dei uma choradinha básica.

Daqui

Sem final feliz...

por em 30/10/2013 às 21:04

Imagens, Tirinhas

1001589_229975683832894_634452348_nVelho dilema…