Booger Network

Sobre a Rede

Booger Network é uma compilação de blogs dispostos em diversas categorias. Estamos em fase de expansão e em breve teremos mais blogs e diferentes categorias.

Anuncie

Integer erat orci, congue sed feugiat eu, pharetra in tellus. Nulla vel est et mi fermentum ullamcorper at a justo. Fusce scelerisque nisi vehicula mauris placerat quis accumsan dolor adipiscing. Donec tempus, nibh ut volutpat fermentum, mauris sem imperdiet ante, at dignissim magna tortor in dui. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Contato

Blogueiros

Praesent ac elit metus. Ut sed sem nec lorem fringilla molestie a vel risus. Phasellus a commodo felis. Praesent at libero velit.

Leitores

Donec facilisis, sapien ut elementum faucibus, justo urna dignissim sapien, vel elementum lorem est euismod nisi.

Anunciantes

Fusce vitae nunc mi, quis faucibus orci. Nam id lorem justo. In arcu lectus, commodo eget pharetra sed, rutrum quis sapien.

Arquivo do Autor | Malvadas

Malvadas escreveu 2647 artigos neste blog.

Enquanto isso na C&A...

por em 7/05/2015 às 11:22

20150507071836

CompartilheComentários desativados em Enquanto isso na C&A…

O arrepio que sinto

por em 7/04/2015 às 20:44

arrepioÁs vezes me questiono a intensidade do que vivemos. Nós dois. Poderia ser tantos outros… Haviam pessoas bem mais legais, interessantes, amáveis e disponíveis. E eu, que já havia escolhido tantas vezes ‘os errados’, não queria me machucar. De novo. E é óbvio que me apaixonei. Caí de quatro. Não reclamo, longe disso. Quis ter isso com você. E nossa… nos amamos como nunca. Tudo era perfeito: o toque, o gosto, o movimento, a sincronia, você em mim. E vivi intensamente aquilo porque sabia que não duraria por muito tempo. Era impossível dar certo. Era previsto. Existem pessoas que não nasceram para serem de uma pessoa só. Você é um exemplo disso. Simples assim. E bem que me avisou que não era bom em relacionamentos. Eu optei por me entregar. Como seria diferente? Quem resiste ao teu olhar e, Deus, o seu sorriso? O teu sorriso é uma arma que me deixa sem defesa. O teu olhar faz qualquer uma esquecer o que é certo ou errado. Toda vez que lembro das suas mãos parece que as sinto. Que poder é esse? Então fecho os olhos e sorrio. Porque você deixou sua marca em mim. E é tão bom suspirar por você. É tão bom sentir o arrepio que me proporciona sempre que lembro da junção dos nossos corpos. Isso ninguém me tira. Hoje não existe mais ‘nós’. Seguimos nossas vidas, conhecemos outras pessoas e vivemos. Nossos planos se perderam no tempo, mas e daí? Estranho seria se não sentisse. Isso não faz parte de mim e do meu mundo. É algo impossível. E de você? Sinto saudades.

CompartilheComentários desativados em O arrepio que sinto

Se nada der certo...

por em 8/04/2014 às 14:36

se nada der certo

CompartilheComentários desativados em Se nada der certo…

A melhor dança de casamento dos últimos tempos

por em 26/11/2013 às 14:55

Você achou que o post anterior não tem nada a ver e vai fazer uma puta festa de casamento mesmo assim? Ok, tudo bem.

Já viu que virou moda a dança durante a valsa nos casamentos? Entre tantos e tantos vídeos chegou em nossas mãos um casal que resolveu fazer a MELHOR APRESENTAÇÃO DOS ÚLTIMOS TEMPOS e treinaram muito. Resultado? Confere o vídeo!

Eu chorei igual a uma menininha. Fará todo o sentido para quem já assistiu “Dirty Dancing”.

CompartilheComentários desativados em A melhor dança de casamento dos últimos tempos

Sobre a não importância de casar

por em 26/11/2013 às 13:03

2012-o-ano-dos-casamentos-vestidos-de-noiva-festa-comemoração-ano-novo-2Ouvi dizer: agora, eu sou casado, sou um rapaz sério. Numa outra conversa, vi uma pequena encher a boca para falar: eu parei com essa vida de rua, agora, eu casei. Aos padres, pastores e juízes, sinto lhes dizer: casamento não importa nada. O casamento, aquela festa bonita e cara, chata – vez em quando – não importa nada. As roupas chiques, os cabelos penteados, os sobrinhos perfumados não importam nada. Os bolos com quatorze andares, os docinhos engordativos e o teu tio bêbado no meio da pista de dança, também, não importam nada – tudo bem, que teu tio bêbado vale umas risadas e risadas importam.

Mas fora o luxo e as fotografias espontaneamente falsas, o casamento – aquele evento – é mero detalhe. Casamento começa na primeira entrelaçada de mãos quando o casal mal sabia que o outro odeia chocolate quente com açúcar e que o um sofre até hoje com a morte de seu primeiro cachorro chamado Muggy. Ou naquele primeiro beijo que fulaninho não fazia ideia de que fulaninha goza quando ele mete mais rápido.

Casamento é a comemoração do amor. E o amor, meus caros, é cotidiano.

Cansei de ver cerimônias com noivos repetindo frases de outrem, sem sal, sem amor, sem quentura de uma declaração bonita. O brilho, perdido nas luzes espalhadas pelo altar e pelas joias expostas, tem que estar nos olhos do casal, nas mãos trêmulas e nas palavras sinceras (até as repetidas).

Casamento é união das pessoas. É a celebração de uma relação e, não a salvação dela. O compromisso (que possui nome estranho, mas vale muito mais do que casamento) é o que importa nisso tudo. E quando você pede um beijo, um colo, uns meses, umas décadas e uns filhos para alguém, você está a pedindo em casamento.

Continue lendo →

CompartilheComentários desativados em Sobre a não importância de casar

Abigail Breslin - A “Pequena Miss Sunshine”

por em 25/11/2013 às 18:07

Quem lembra da estrela do filme “Pequena Miss Sunshine” de 2006?

21nov2013---abigail-breslin-famosa-por-ter-estrelado-o-filme-pequena-miss-sunshine-esq-divulgou-imagens-de-um-ensaio-sensual-feito-para-o-fotografo-tyler-shields-nas-imagens-a-atriz-de-17-1385241020034_808x500

A atriz Abigail Breslin (agora com 17 anos) posou para as lentes de Tyler Shields.

Abigail

abigail-breslin-inline

Continue lendo →

CompartilheComentários desativados em Abigail Breslin – A “Pequena Miss Sunshine”

Aplicativo Lulu e as Lulu(náticas)

por em 25/11/2013 às 14:30

Acordei dia desses e o assunto do dia era um tal de Lulu. Ignorei as dezenas de publicações e segui a minha vida (afinal as contas não se pagam sozinhas, não é?). No dia seguinte foi a mesma coisa: Lulu, Lulu, Lulu… “Mas que diabos é esse Lulu?”.

lulu-app

Baixei.

Sorte a minha não ter almoçado ainda, pois com certeza eu teria vomitado.

Para os que ainda não sabem, o Lulu é um aplicativo onde as mulheres dão notas e adicionam hashtags anonimamente para os homens. Vi de tudo lá: desde grandes amigos meus lá, sendo julgados como “não faz nem cócegas”, até caras que eu realmente não conheço que entravam na categoria “carro do ano”. Hashtags infinitas que eu sinceramente não vou lembrar e não faço a mínima questão do mesmo.

Minha sensação foi de tristeza. Onde estamos indo com tudo isso? Desde quando as relações humanas se tornaram uma questão de escolha por nota, tamanho de pau ou seja lá o que for? Olha, eu já saí com caras que não tinham um puto no bolso e me diverti como nunca. Já saí com cara que tinha carro do ano, casa na praia, apartamento próprio e uma conta bancária recheada. E ele foi um grande babaca. Já saí com cara de pau grande e adivinha? Não dava conta do recado. Já saí com caras de pau pequeno e gozei como ninguém. Não dá para simplesmente categorizar um relacionamento baseado no que você viveu com fulano e sabem o motivo?

Cada indivíduo é diferente um do outro. Nós funcionamos de maneira diferente com diferentes pessoas.

Mais alguns pontos:

Continue lendo →

CompartilheComentários desativados em Aplicativo Lulu e as Lulu(náticas)

Receita de um médico à depressão

por em 12/11/2013 às 17:23

Essa mensagem está rodando nas redes sociais. Trata-se de um receituário de um médico para uma paciente que, aparentemente, sofre de depressão:

paris

“Não, eu não vejo nenhuma razão de lhe prescrever antidepressivos. Você está apenas triste. Um acontecimento doloroso dói, mas a solução para dor não é a química. Você certamente tem força suficiente para seguir em frente e encontrar os recursos para agir e reagir”.

Achei tão digno!

CompartilheComentários desativados em Receita de um médico à depressão

Intimidade é uma merda

por em 12/11/2013 às 17:11

CompartilheComentários desativados em Intimidade é uma merda

Sem final feliz...

por em 30/10/2013 às 21:04

1001589_229975683832894_634452348_nVelho dilema…

CompartilheComentários desativados em Sem final feliz…

21 sinais que você não é exatamente uma dama

por em 30/10/2013 às 19:39

1. O mais perto de um penteado que você consegue fazer é um rabo de cavalo:

1Não se pergunta como têm mulheres que vivem com o cabelo maravilhoso?

2. Você não é escrava da maquiagem:

2make

Há aquelas que passam horas se maquiando só para parecer que não estão usando nada.
Por que não concordamos em simplesmente não usar nada?

3. Você não sabe se comportar quando coloca um vestido:

3vsds

Não usar calças em público é mais difícil do que parece.

4. Andar de salto alto exige todo seu esforço mental:

4CAINDO

Desculpe, não posso falar. Estou tentando não quebrar meus dois tornozelos

5. Pintar suas unhas com a mão esquerda faz você se perguntar por que alguém lhe confiou um esmalte:

5unha

Por favor tira isso de mim, eu não tenho nenhuma ideia do que estou fazendo.

6. Às vezes, você esquece que está usando saia e acidentalmente mostra ao mundo os seus valores.

3vestidoApenas esquecemos…

Continue lendo →

CompartilheComentários desativados em 21 sinais que você não é exatamente uma dama

Um milagre aconteceu

por em 29/10/2013 às 17:44

484727_629833243726680_840759827_nO milagre tem nome…

CompartilheComentários desativados em Um milagre aconteceu

Sexo casual é válido?

por em 28/10/2013 às 22:57

About-SKYNUma grande dúvida entre as mulheres é saber o porquê dos homens serem tão adeptos ao sexo casual. Por outro lado, grande parte deles se questionam como as mulheres não conseguem se envolver sexualmente sem se apegar. Sexo apenas por sexo. Deveria ser simples…

Há quem goste da novidade, da atração e desejo. São movidos por isso. Então por mais que tenham carinho (e até amor) por alguém não deixam de desejar outra pessoa.

Aos que gostam do envolvimento rápido (sem apego) tudo é intenso. Não há cobranças, discussões e satisfações. É como se tivesse um relacionamento composto apenas por prazer e diversão. É ter a liberdade de ir e vir.

Afinal, qual o problema em não querer um relacionamento sério? Há quem goste de conhecer pessoas novas, melhorar as experiências, viajar sem rumo e, principalmente, ser independente. Qual é o problema? Tudo é válido!

Amor e sexo são impulsos independentes e é possível experimentar o prazer sexual pleno totalmente desvinculado das aspirações românticas. Entretanto, ninguém pode negar que sexo com comprometimento também é incomparável.

Você gosta de sexo… Não gosta?

Continue lendo →

CompartilheComentários desativados em Sexo casual é válido?

Conquistando territórios

por em 28/10/2013 às 18:18

395323_306619782806098_1944624967_n
Minha filha joga melhor do que eu…

CompartilheComentários desativados em Conquistando territórios

Só uma mordidinha...

por em 27/10/2013 às 20:27

296064_394158877368520_1214419961_n

CompartilheComentários desativados em Só uma mordidinha…