Booger Network

Sobre a Rede

Booger Network é uma compilação de blogs dispostos em diversas categorias. Estamos em fase de expansão e em breve teremos mais blogs e diferentes categorias.

Anuncie

Integer erat orci, congue sed feugiat eu, pharetra in tellus. Nulla vel est et mi fermentum ullamcorper at a justo. Fusce scelerisque nisi vehicula mauris placerat quis accumsan dolor adipiscing. Donec tempus, nibh ut volutpat fermentum, mauris sem imperdiet ante, at dignissim magna tortor in dui. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Contato

Blogueiros

Praesent ac elit metus. Ut sed sem nec lorem fringilla molestie a vel risus. Phasellus a commodo felis. Praesent at libero velit.

Leitores

Donec facilisis, sapien ut elementum faucibus, justo urna dignissim sapien, vel elementum lorem est euismod nisi.

Anunciantes

Fusce vitae nunc mi, quis faucibus orci. Nam id lorem justo. In arcu lectus, commodo eget pharetra sed, rutrum quis sapien.

Perdi ela

tomwaits500Boa noite Gabe e pessoal do Malvadas,

O meu nome é Duarte, sou português, tenho 22 anos e recentemente descobri uma pequena parte do universo de blogs brasileiros.  Visito alguns diariamente e encontrei neste blog uma oportunidade de contar parte da minha história. Quem sabe desabafar um pouco.

Namorei mais de 3 anos com uma boa moça de família e séria. Durante esse tempo tivemos altos e baixos. Ou era ela com problemas familiares ou eu com a correria de provas da Universidade. Neste tempo não tinha tempo nem para mim. 

Fazem quase três semanas que terminamos. Ela disse que suas razões foram por eu ser muito ausente e que não tinha o que reclamar quando estávamos juntos. Embora quando entre amigos eu fosse “um querido”n, não gostava das minhas brincadeiras. Disse que respondia torto. Eu também era a razão pela qual ela tinha atritos com os pais e por consequência eles não a deixavam sair com as amigas.

Quando saíamos de férias, para nossa terra natal, ela já não se sentia muito a vontade comigo. Então dei-lhe razão. Era tudo verdade e lá no fundo eu sabia que era.

No final das contas sei que foi o melhor a ser feito. Não acabamos mal um com o outro e tudo foi muito pacífico. Eu mantenho, e espero continuar assim, o respeito que sempre tive por ela. Já os meus amigos, por mais que  peça, falam dela como se ela tivesse me tratado como um pano velho – embora eu seja o único culpado.

E esta é minha pequena história: um rapaz no corpo de homem, com uma alma sofrida e que sempre (sempre mesmo) se preocupou em ser bom. Não sei fazer mal e respeito as mulheres… Nem sei como vou acabar.

Já sei que vou levar mil e uma reprimidas das mulheres daí, mas mesmo assim acho que vale a pena enviar isto.

Melhores cumprimentos deste Açoriano,
Duarte

———–
Esse texto é uma opinião/resposta enviado por um leitor com a ideia de ajudar os outros, como o Eu era humilhada pelo meu ex, mas dei a volta por cima e Me senti um lixo, mas hoje sou feliz, amada e valorizada. Diferente dos outros depoimentos, o nosso querido leitor português não teve um final feliz, mas com certeza aprendeu com isso e por isso compartilhou conosco a sua história! Obrigada por utilizarem o Malvadas para contarem suas vidas. Um beijo meu,
Gabe. (gabe@malvadas.org)

7 Comentários

  1. Augusto disse:

    Um relacionamento é composto de duas pessoas, não existe “culpa de apenas uma pessoa” existe desvio moral de apenas uma parte, mas a culpa é de todos, pensando o contrário você exclui o outro da relação.

    Você é responsável pelos seus atos, ela pelos dela, ambos pela interação, saiba lidar com isto!

  2. Alexandre disse:

    Não existem motivos para “reprimendas”. Ao que nos conta sua história, foi um relacionamento que não deu certo, mas de forma rotineira.

    E quanto aos seus amigos, sorte sua que te defendem. É normal tomarmos as dores de quem gostamos.

  3. Miriam disse:

    Duarte, tive um relacionamento muito parecido com o seu. Meu ex vivia ausente e eu queria uma aproximação maior. Por conta disso, nós brigávamos muito, o que desgastou a relação. Pelo sofrimento que meus pais e amigos me viam passar, todos tomaram minhas dores e ficaram com muita raiva dele.
    Hoje, tempos depois, reconheço os erros que eu cometi durante o namoro e também os dele.
    Isso serviu de aprendizado para não repetir a mesma história e trabalhar os meus pontos negativos.
    Veja pela ótica do aprendizado e sei que vc vai tirar muitas coisas boas desse seu relacionamento :)

  4. Luana disse:

    Nossa qanto que descaso total com os leitores, o cara estava magoado e se empenhou tanto para poder transmitir oq ele sentia, ele merecia mais do que um link do caso de outra leitora.
    Querido Duarte, o que aconteceu faz parte da vida, o fato de voce ter conseguido ser feliz nesse relacionamento apenas te diz que vc deve tentar um outro sem medo de ser feliz, e se o proximo der errado tente de novo, a vida funciona assim.
    Ps: aproveite que vc vai procurar uma namorada nova e procure um blog novo tambem, por que hoje ambos não te merecem.

    1. Gabe disse:

      Querida, a idéia dele era compartilhar a história com os leitores, como está escrito abaixo do texto dele. Caso fosse um e-mail pedindo conselhos eu teria respondido…

  5. Praesent ac elit metus. Ut sed sem nec lorem fringilla molestie a vel risus. Phasellus a commodo felis. Praesent at libero velit.

  6. Uma vida sem amigos é como viver numa ilha deserta, sem água, sem alimentos, sem luz.