Booger Network

Sobre a Rede

Booger Network é uma compilação de blogs dispostos em diversas categorias. Estamos em fase de expansão e em breve teremos mais blogs e diferentes categorias.

Anuncie

Integer erat orci, congue sed feugiat eu, pharetra in tellus. Nulla vel est et mi fermentum ullamcorper at a justo. Fusce scelerisque nisi vehicula mauris placerat quis accumsan dolor adipiscing. Donec tempus, nibh ut volutpat fermentum, mauris sem imperdiet ante, at dignissim magna tortor in dui. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Contato

Blogueiros

Praesent ac elit metus. Ut sed sem nec lorem fringilla molestie a vel risus. Phasellus a commodo felis. Praesent at libero velit.

Leitores

Donec facilisis, sapien ut elementum faucibus, justo urna dignissim sapien, vel elementum lorem est euismod nisi.

Anunciantes

Fusce vitae nunc mi, quis faucibus orci. Nam id lorem justo. In arcu lectus, commodo eget pharetra sed, rutrum quis sapien.

Conheci um cara lindo na viagem

por em 26/11/2012 às 16:03

Contos e Textos, Textos (Gabe)

Eu esperava o ônibus da madrugada começar a viagem para Santa Maria, enquanto olhava para uma mãe no banco do lado brincando com o filho, quando aparece um cara GATÍSSIMO na minha frente.

Ele pergunta se eu me importaria que ele sentasse comigo, assim aquela mãe teria mais espaço para o filho e ela dormirem tranquilos (eles tinham o lugar da janela e ele o do corredor). Disse que não me importava e já comecei a achar aquele cara mais interessante. Ele seguiu sendo gentil e atencioso, brincou com a criança, falou com o motorista para ligar o ar, ajudou as pessoas a colocarem bagagem no lugar, etc.

Conversamos sem troca de nomes, ele perguntou onde eu desceria, porque tinha medo de dormir e acordar em Santiago, como tinha acontecido da última vez. Mostrou foto na frente da rodoviária, rimos da situação e eu disse que o acordaria quando chegássemos em Santa Maria. O assunto acabou e eu virei para a janela e dormi.

O fato é quer eu acordei algumas horas depois, o apoio que divide o banco estava levantado e ele puxava meu braço. Me assustei e olhei para ele, ele tinha um casaco tapando o colo e estava me olhando.

Xinguei ele e não consegui dormir mais.

Sim, o desgraçado é um punheteiro de ônibus e eu fui a vítima.

Essa história parece um ’50 tons de cinza’, onde o homem subjuga a mulher enquanto ela dorme, mas isso realmente aconteceu comigo nessa sexta-feira, dia 23. Pode parecer interessante quando não é você sendo assediada por um estranho.

Fiquei assustadíssima, não sabendo o que ele pode ter feito enquanto eu não havia acordado. Cheguei em casa com uma sensação horrível, tomei banho (sei que é clichê, mas vai que o desgraçado encostou o pau nojento dele em mim?) e senti muita raiva.

Para quê a arte da sedução e uma boa conversa se hoje o cara pode só puxar a sua mão e colocar no próprio pau, não é?

26 Comentários

  1. Guilherme disse:

    É nessas horas que fico envergonhado. Caras como este fazem com que, muitas vezes, as mulheres nos julguem da pior forma possível.
    Lixo humano!

  2. Está aí mais uma prova de que uma aparência agradável pode enganar.

  3. Deiva disse:

    Devia ter denunciado o cara!

  4. Matheus disse:

    engraçado, é que ela achou ele lindissimo e interessante antes disso rsrs’

    1. Thiago disse:

      Exatamente, o terrível hábito de fazer o “pré-julgamento” apenas pela aparência.

      1. laura disse:

        A culpa foi dela porque ela achou ele bonito e gentil? bitch, please

  5. D disse:

    acho ridículo tudo isso, mas também acho ridículo o ato de um a pessoa julgar todo um homem por causa de atos de alguns, ninguém é igual a ninguém, e todo mundo sabe disso, mas mesmo assim as pessoas continuam a achar que “todos são iguais”, pra mim isso não seria bem um pensamento e sim e sim uma mente primitiva

  6. Sirnivass disse:

    Engraçado, pelo andar da história, se ele houvesse lhe seduzido e te levado para cama, você não xingaria o “pau nojento” dele, e sim diria: “O pau delicioso” dele…”
    Ou eu sou um babaca que não sabe ler direito.

    1. Ju disse:

      Não, você só é um babaca que não sabe o significado da palavra ‘consentimento’.

    2. mari disse:

      você é um babaca que não saber o que é consentimento. Vai me dizer agora que ela merecia ser estuprada porque achou o cara gato?

  7. Gabe disse:

    O que eu acho mais engraçado é que o fato dele ter me atacado enquanto eu dormia se perdeu porque eu disse que tinha achado ele interessante. Essa É a diferença entre sexo consensual e estupro, ser forçado a fazê-lo.

    Pensem sobre isso e não sobre eu ter feito um pré-julgamento baseado na aparência física e comportamento incial do sujeito.

  8. Julie Way disse:

    Comentários altamente dispensáveis. Quem nunca se enganou que atire a primeira pedra. Ficou claro no texto que além de lindo o cara também apresentou um comportamento gentil, o que em qualquer universo são deixa QUALQUER pessoa mais interessante.
    Além do mais, nesse caso ela descobriu que ele não era tudo isso algumas horas depois, e quem vai descobrir que o(a) namorado(a)/marido(esposa) não é quem parecia muitos anos depois? ¬ ¬

  9. Raquel disse:

    Comigo aconteceu o inverso: eu acordei com o cara me tocando por cima da calça jeans com a mão por baixo da minha bolsa que estava no meu colo. quando acordei, levei um susto e ele ainda teve a cara de pau de olhar pra mim e rir. eu comecei a gritar e chamar ele de tarado e ninguém no ônibus se manifestou…fiquei em choque e só consegui chorar quando cheguei no trabalho.

  10. Denise disse:

    Isso já aconteceu comigo em um ônibus urbano, foi ridículo… Fiquei muito assustada, não achei que aquilo estava acontecendo… E o rapaz estava bem arrumado (calça e camisa social) e escondeu o ato dos outros passageiros com o auxilio de uma mochila enorme! Só consegui levantar de onde estava e sentar em outro lugar…

  11. carla disse:

    o mais deprimente deste post é a frase “not your bitch”, a ação do cara só seria aceitável se a mina fosse uma puta?!

    1. mari disse:

      bitch nesse caso não quer dizer puta, é uma expressão muito comum pros eua, algo como : eu não me submeto a voce .

  12. dumal disse:

    Pros caras achando que não tem nada de mais molestar alguem dormindo… existem pervertidos que costumam fazer o mesmo com homens dormindo. Pense nisso! HO HO HO

  13. Da maneira como foi escrito o texto, pode-se interpreta-lo como algo ruim feito por alguém que não se imaginava que faria aquilo. O que parecia agradável acabou não se mostrando assim. Por isso citei a palavra “aparência” – não necessariamente a física.

  14. Patty disse:

    Você deve ser mais um desses lixos que acham q pq a mulher é assim ou assado o cara já tem direito sobre ela.. isso só demonstra que o maxismo ainda não morreu..

    1. Patty disse:

      Comentario direcionado a Sirnivass

  15. ah mano vcs devem ta d sacanagem ne?! o maluco na mor perversao e tm gnt q ainda qr bota a culpa na menina?! QUALÉÉÉÉÉÉ SEUS POHA!!!

  16. Ronaldo disse:

    Esta aí o bonitão de vocês. Não entendo a logica feminina.

  17. Anna disse:

    Nota mental: não dormir no transporte público.

  18. Paty disse:

    Nossa que história e tanta , me imagino numa situação dessa , tem que desse o cassete … kkkk

  19. Monalisa disse:

    Já passei por isso, é horrível! Você ainda fica com medo de falar para as pessoas e elas dizerem que a culpa é sua :(