Booger Network

Sobre a Rede

Booger Network é uma compilação de blogs dispostos em diversas categorias. Estamos em fase de expansão e em breve teremos mais blogs e diferentes categorias.

Anuncie

Integer erat orci, congue sed feugiat eu, pharetra in tellus. Nulla vel est et mi fermentum ullamcorper at a justo. Fusce scelerisque nisi vehicula mauris placerat quis accumsan dolor adipiscing. Donec tempus, nibh ut volutpat fermentum, mauris sem imperdiet ante, at dignissim magna tortor in dui. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Contato

Blogueiros

Praesent ac elit metus. Ut sed sem nec lorem fringilla molestie a vel risus. Phasellus a commodo felis. Praesent at libero velit.

Leitores

Donec facilisis, sapien ut elementum faucibus, justo urna dignissim sapien, vel elementum lorem est euismod nisi.

Anunciantes

Fusce vitae nunc mi, quis faucibus orci. Nam id lorem justo. In arcu lectus, commodo eget pharetra sed, rutrum quis sapien.

Arquivo | dezembro de 2010

Ah, as promessas de fim de ano...

por em 31/12/2010 às 11:43

http://www.marcianeurotica.com.br/

Branco no ano novo?

por em 31/12/2010 às 10:38

http://mulhertrinta.blogspot.com/

 

E quem disse que é lei usar branco no Reveillon?

Adeus ano velho...

por em 31/12/2010 às 10:32

Saudações, Malvadezas…

 Enfim, mais um ano chegando ao seu final. Me lembro de quando era criança e gostava de ver os fogos com as mãos no ouvido. Minha tia sempre dá(va) uma folhinha de louro pra cada um: diz que é pra dar sorte. Adorava abraçar meus pais e ficar no colo deles. Hoje, nada disso vai acontecer: minha família está pra praia e eu precisei ficar trabalhando (ai, ai, viu!).

 Mas, o que mais me lembro, é o fato de não ter responsabilidades. Pois é… Crianças, normalmente, não ficam muito preocupadas com o que vão fazer no próximo ano. Se ficam, suas preocupações são com notas de escola, adquirir brinquedos novos, etc. Coisa de criança, claro. E, hoje, a virada do ano só traz à cabeça: contas, projetos de trabalho, estudos e as famosas irrealizáveis promessas de fim de ano! Aquelas: “ano que vem vou comer menos, vou entrar na academia, vou comprar menos roupas, vou estudar mais, vou fazer trabalhos voluntários…” e por aí afora. O que acontece, é que muita gente promete e nunca cumpre. Por quê? Na minha opinião, porque quando nos embalamos pela vibe das festas e da alegria, fazemos promessas como se come devora chocolate: rapidinho. Mas quando temos a oportunidade de realizá-las, essa vibe festeira já se foi… E é cômodo ficar do jeito que tá se tá “bom”.

Gente, sério! 2010 foi um ano ótimo. Acho que, apesar de tudo, muitas coisas aconteceram pro bem, também. Mas que 2011 seja o ano da persistência, pois a gente só realiza aquilo que sonha e faz acontecer. E pra fazer acontecer, a gente tem de lutar! Eu desejo a todos um novo ano repleto de paz, amor, saúde, fé, persistência, humildade e muito, mas muito aprendizado! Que haja mais ações que idealizações. Mais realizações que promessas. Mais objetivos do que sonhos (Martha Medeiros, escritora gaúcha, escreveu assim: “Troquei sonhos por objetivos. Eles são mais compactos, ocupam menos lugar e dão mais certo.”) E sempre penso, nessa época: “Preciso mais agradecer do que pedir. Afinal, tem muita gente que adoraria ter a possibilidade de realizar alguns dos seus sonhos, mas por diversos motivos, sejam eles financeiros ou de saúde, por exemplo, não conseguem.”

Aqui, você lê algumas dicas praquelas promessas não ficarem só na peso consciência!

*Vamos fazer uma brincadeira? Escreva uma frase continuando essa: Em 2011 eu quero…

FELIZ 2011!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Besitos

Rafa

Eu grávida e ele insistindo

por em 30/12/2010 às 15:14

Tenho 20 anos, sou casada há 4, temos 2 filhos lindos, construímos essa família linda e nos damos super bem. Minha questão é sobre a fantasia do meu esposo em transar a 3 (ele e 2 mulheres). Sempre o apoiei pois também tenho essa curiosidade, mas sei que não estou preparada para tal experiência. Sinto que preciso amadurecer a idéia, porque sempre que penso no assunto me surge a dúvida se realmente vou encarar como imagino ou se vou ficar com ciuminho bobo. Conversamos muito a respeito e agora, um pouco mais velha, sei o que realmente quero, sei que estou preparada.

Nesse momento estou grávida do nosso 3º filho e apesar de ter uma cabeça bem resolvida, acho que o momento da gestação não é o “ideal” para realizar essa fantasia. Penso que a gravidez é um momento sagrado que une o marido e mulher (além do mais, engordei e não me sinto tão bonita como antes).

O problema é que ele sempre insiste na idéia e acaba me deixando chateada! Outra coisa que ele faz é sempre usar minhas amigas como referência, quer que eu chame elas pra “coisa”. Eu só queria saber eu estou tão errada em pensar dessa forma… Já expliquei a ele todas as minha opiniões, que adoro a idéia, mas acho que agora não é o momento!

O que devo fazer? Revejo meus conceitos ou continuo com minha opinião, já que é uma questão de tempo?
F A M

———–
Querida, eu penso que qualquer fantasia do casal deve ser discutida pelo mesmo, principalmente se envolve outras pessoas. Você fez o certo em pensar e amadurecer a idéia, porque é uma curiosidade sua, também.

Aproveito esse momento para deixar uma opinião minha muito clara: Ninguém é obrigado a satisfazer fantasias do outro se elas não a deixam confortável! Gente, não existe o “se me ama vai transar comigo e com outra”. O que eu digo sobre isso é: Deixe de ser um filho da puta! Quando duas pessoas se comprometem uma com a outra, se amam e se respeitam, elas tomam decisões JUNTAS. Decisões que sempre tem como foco o melhor para AMBOS. Se, no caso, a pessoa não se sente confortável transando com uma terceira pessoa, se percebe que não vai ser legal, deve dizer ao companheiro! Explicando o motivo, dizendo que pode gerar ciúme, insegurança ou que simplesmente não quer. A fantasia deve ser realizada quando ambos estão dentro, no clima e desejando. Não existe obrigação!

Querida, o que o seu marido LINDO está fazendo é uma filhadaputice. Você topou realizar a fantasia, mas pediu para que isso acontecesse depois que você estivesse com o terceiro filhão no colo e na sua forma, hormônios e cabeça normal. Se alguém que ler isso achar isso um pedido exagerado que “tome no seu cu e vá preso”!

Você amadureceu, aceitou a fantasia, querendo compartilhá-la com ele. Ele TEM (e aí sim vem a obrigação) de respeitá-la no seu tempo e vontade. Explica pro queridão que ninguém quer ficar ouvindo macho babar nas amigas dizendo que quer comê-las, ainda mais nesse momento sensível da sua gravidez, onde você não se sente tão bonita como antes (como você mesma disse).

Eu penso que você deve ter uma conversa seríssima com ele, porque ele está abusando da sorte (de ter uma esposa, mãe e mulher como você e não estar valorizando isso). Peça para que ele entenda que você precisa desse momento para se concentrar nesse bebê e na vida de casal, que vocês terão MUITO tempo em um futuro próximo para realizar essa e muitas outras fantasias. Lembre-o que respeito é muito importante e conserva as bolas sem joelhada.

Um beijo meu,
Gabe
gabe@malvadas.org

Quero trair ele com o meu chefe

por em 28/12/2010 às 21:45

Olá Gabe, tudo bem? Meu nome é N. moro em Fortaleza/Ce, namoro há 6 meses e estou trabalhando há um mês em um escritório de advocacia.  Tenho dois chefes e eles são muito legais. Um deles é muito parecido comigo, a gente ri muito juntos.

Fizemos nossa confraternização de final de ano e depois da festa, por não ter carro, ele tinha que me levar pra casa, porque já tinhamos combinado isso antes. Quando terminou a festinha ele me convidou pra ir a um shopping ali pertinho, por “confiar” nele fui, disse o horário que tinha chegar em casa e combinamos legal (inocente…).

Ele bebeu demais e consequentemente, falou demais. Eu não bebo, por isso estava bem lúcida, lembro de tudo. Numa hora, me deu um sono que encostei a cabeça na mesa. Ele começou a alisar meu cabelo, não liguei, ele tava bêbado, tava agindo por impulso, viu um pescoço e quis acariciar (coisa de homem, vai entender). Perguntou se podia me cheirar e eu, curta e grossa, disse que não, claro! Só que depois ele foi se soltando mais ainda e a gente começou a falar de sacanagem, e ele soltou uma: Você jah viu uma anaconda? Na minha mente eu falei: Caralho, “quem fala assim, não é gago!” Será? Aposto que não!

Ele contou de umas amigas do meu outro chefe que já tinham experimentado e que não é uma qualidade, que queria ser um cara normal, que dói pra caramba na mulher e etc. Resultado: Me iludi, fiquei curiosa e disse que toparia conhecer o conteúdo. Mas que tinha que ser no escritório.

Só que agora eu pensei no meu namorado, e ví que o cara nunca me traiu! Acreditem, eu sei o que estou falando. Ele viaja muito e não muda em nada, tanto que quando ele volta a primeira é bem rapidinha, 5 minutos no máximo. O histórico do cara é limpo, os amigos e amigas só falam das qualidades, só que eu já traí ele. Queria pelo menos dizer que foi vingança, mas o cara nunca me traiu e eu quero parar com isso. Tipo limpar minha ficha. Só que foi com um colega de trabalho, na época descobri que meu namorado é MUITO melhor de foda que o cara, até o sabor do pinto do meu namorado é mais gostoso. Meu namorado se garante, eu que não presto e fico imaginando como é foder com os outros.

Enfim, tô super curiosa pra ver como vai ser com o meu chefe, só que eu não tenho tanto tesão por ele, só que eu sei que ele tem em mim. Acho que posso perder esse emprego, tanto se der como se eu não der pra ele. Menina tô pra ficar doida. E aí? Experimento o conteúdo do chefe, ou fico na minha?

———–
Querida, que merda você pensa que está fazendo? Quer trair o namorado, trai, ora. Mas não me manda e-mail achando que eu vou dizer que é bonito.

Você namora um cara que não trai você, você já traiu ele, viu que não vale a pena e agora isso. Resolveu dar corda pro chefe que tava dando em cima, marcou com ele e quer que eu diga o quê?

Quer ficha limpa? Pára de trepar com as pessoas ou marcar de fazê-lo! Eu disse há poucos dias atrás que todo mundo deseja e imagina como é foder com outras pessoas, mas não é todo mundo que faz. Se você escolheu estar em um compromisso, honre-o, porque o seu namorado (coitado) o faz.

Ou simplesmente chega pro namoradão e diz assim: “Amor, eu gosto de foder com os meus colegas de serviço”. E dá a carta branca pra ele fazer o mesmo, por mais que talvez ele nem queira muito, tenho certeza que tem mulher que dá louca pra trepar com ele. Porque é o que você está fazendo com o seu chefe.

Pelo que parece, você gosta é que alguém queira comer você. Aí você trai. Pensa então se vale a pena continuar colocando chifre no pobre do namorado, que gosta de você e trepa bem.

Um beijo meu,
Gabe
gabe@malvadas.org

Teste de memória

por em 28/12/2010 às 12:06

 

Acho esses testes muito divertidos e difíceis!

Mais alguém aí é desmemoriado que nem eu?

Teste de memória

Ah, mulheres...

por em 28/12/2010 às 11:56

Saudações, Malvadezas…

http://mulhertrinta.blogspot.com/

 

Tá, só com uma diferença: ano que vem eu começo a dieta…

Besitos

Rafa

Bald men are HOT

por em 27/12/2010 às 12:57

Olá Gabe, tudo bem? Me chamo Rodrigo e tenho 19 anos. Há um bom tempo comecei a perder de bastante cabelo, estou ficando calvo. Não lido muito bem com essa realidade, até tenho vergonha disso e está abalando bastante na minha auto-confiança em relação a alguém me achar bonito assim. Como tenho senso de ridículo, não pretendo ficar usando cabelo somente nas laterais da cabeça, logo, raspei tudo maquina 0. Estou totalmente careca agora.

Não sou um cara feio, tenho portes físicos bem atléticos e sou alto, prova disso que nos anos anteriores já peguei varias meninas bonitas e em casos raros, algumas modelos. Mas essa parada do cabelo me deixou bastante pra baixo com a minha auto-estima, me fazendo ter um ano ruim em relação a relacionamentos.

Queria saber como você Gabe e as leitoras lidam com esse tipo de estilo e aparência nos homens. Se gostam, acham esquisito, ou tão nem aí.

Abraços.

———–
Querido, creio o único problema é a sua visão sobre o assunto. Eu adoro um cabeludo, mas tenha certeza de como acho sexy cara de cabeça raspada.

Entendo que você tenha ficado para baixo com a função de ter perdido cabelo tão novo, mas infelizmente a nossa genética nos avacalha, mesmo. Vantagem para você é que de resto ela colaborou, não é? Porque convenhamos que porte atlético é para poucos.

Penso que você deva aceitar essa nova fase como uma de superação (por ter perdido o cabelo) e desenvolvimento (para aprender a gostar-se de novo). Diariamente o nosso corpo se modifica e temos que aceitá-lo, senão ao ficarmos velhos vamos nos deprimir, certo? Não se esqueça que todos temos os nossos “defeitinhos”, que trabalhamos com eles, para ficarmos sempre melhor. Lembrando ainda que isso que para você é uma maldição, muitas mulheres enxergarão como uma qualidade. Gosto é algo muito pessoal, mas confiança atrai a todos.

Veja as vantagens de ter cabeça raspada! Eu conheço tanto homem lindo que não tem um fio de cabelo e a maioria deles fez como você, por não ter a opção da cabeleira. Uns deixam cavanhaque ou barba e fica lindo também. Se aceite na sua beleza, querido. Você já fez o principal que é raspar a cabeça, continue se cuidando e perceba como isso deu destaque a outras qualidades suas, como corpo, olhos, boca, etc.

A minha opinião eu deixei aqui: Carecas? Sexy. Acho que tem um grau de macheza foda. Exemplos: Bruce Willis, Chris Daughtry, Vin Diesel, Jason Statham, Taye Diggs, etc. Fora os que rasparam para papéis e ficaram LINDOS, como The Rock, Collin Farrel, John Travolta, Dominic Purcell, Michael Rosenbaum, entre tantos outros…

Um beijo meu,
Gabe
gabe@malvadas.org

Cotidiano

por em 24/12/2010 às 22:14

casamento

*retirado do Vida Ordinária

Receita leve para o verão!

por em 24/12/2010 às 11:11

Saudações, Malvadezas… 

Que o verão é uma época muito ultra quente, todo mundo sabe. E que os cuidados com a alimentação devem ser redobrados, também. O índice de intoxicações alimentares é gigantesco, e isso porque a maioria das pessoas não cuida muito do que come, como escolher num dia quentíssimo uma coxinha toda gordurosa ou um sanduíche natural daqueles vendedores na praia. Enfim… Coisas gordurosas, pesadas e que ficam expostas ao sol são muito perigosas. Portanto, prevenir é sempre o ideal, principalmente pra aproveitar essa estação maravilhosa! Porque, fala sério… Ninguém merece passar uma noite internado ou uns dias sem  conseguir comer nada do que gostamos. =/

Pra que falar disso tudo? Simples… Pra passar uma receitinha básica e leve que sustenta pra caramba, é uma delícia e faz super bem! Claro que tem aqueles que vão torcer o nariz e dizer: ECA!Uma das coisas que me agrada muito é cozinhar e inventar moda na cozinha. Essa saladinha é um típico prato árabe  e se chama tabule. Pra quem quiser mais informações, é só entrar aqui. 

São várias as maneiras de se fazer tabule, mas eu faço assim (e dá super certo):

  Ingredientes:

2 xícaras de triguilho (trigo para quibe);

2 tomates picados (em quadradinhos e sem sementes);

1 a 2 cebolas picadas (em quadradinhos);

1 a 2 pimentões verdes picados (em quadradinhos);

Suco de 1 limão;

Sal e pimenta a gosto;

Hortelã fresca;

Alface (opcional);

1 Pepino (opcional).

Modo de fazer:

Eu deixo o triguilho de molho por uns quarenta minutos e enquanto isso, vou picando os ingredientes. Depois, retiro o excesso de água apertando o triguilho com as mãos e misturo ao tomate, à cebola, ao pimentão. Depois, coloco o sal, um fio de azeite e o suco de limão, e acrescento umas folhinhas de hortelã fresca.

Dicas: eu (meu pai e meu irmão) tenho alergia a pimenta (de qualquer tipo), por isso eu não coloco. O limão vou pondo aos poucos, pra não azedar (uma vez eu tive que lavar o tabule e ficou horrível). Não coloco o pepino, mas fica muito bom, também. Pra arrumar no prato, eu forro com folhas de alface. Aí, dá pra comer de dois jeitos: ou enrolando o tabule com o alface (é “o” mesmo e não “a”) ou comer direto.

 

Lindo prato do vilamulher.terra.com.br

Gente, sério! Rende muito e sustenta por causa do triguilho. Além de ser leve e refrescante. Dica-mor: faça em dias de churrasco e saia do tradicional tomate com cebola.

Depois me contem, ok!

Besitos

Rafa

 

Noite Feliz

por em 23/12/2010 às 1:04

O legítimo Pieru de Natal:

peru de natal

ho-ho-ho!

malvadeza - clã

por em 23/12/2010 às 0:40

Hello, lovers! Ei, malvadas (e malvados também)! Então, eis aqui um breve post para uma apresentação ainda mais sucinta. Seguinte, prometo não encher o saco dizendo que lia/leio o blog todo santo dia, religiosamente antes de sair ou quando chego em casa  (também quando dá uma brechinha no trabalho, volta e meia, meu dedo ‘esbarra’ no  F5 ao longo do dia). Ah, sim! Sou Priscila, jornalista, carioca, também tenho um blog (http://deouvirdizer.blogspot.com/) e agora… A mais nova colaboradora do .:Malvadas.:   \o/
Meu primogênito é um pouco menos perverso, mas penso que aqui é o lugar ideal para postar e compartilhar alguns pensamentos malévolos com boa cia e um bocado de diversão. 
Beijos para toda (o) s e boa sorte pra nós ;)

Diferença Básica

por em 21/12/2010 às 23:59

Um simples detalhe faz toda a diferença…

Eu não ligaria, oi?

Formulário nerd para nova namorada

por em 21/12/2010 às 23:42

Vocês vão me achar muito nerds se eu disser que sei responder 90%?

Mulheres são complicadas

por em 21/12/2010 às 23:34

A mulher tem o dom de entender tudo como quer. Quando é para distorcer a situação, somos as melhores. Veja como diagnosticar se você sofre desse mal:

- Situação 1:

O QUE ELE DISSE:
- Vou passar a noite com os meus amigos hoje, jogando poker.

O QUE ELE QUIS DIZER:
- Vou passar a noite com os meus amigos hoje, jogando poker.

O QUE ELA ENTENDEU:
- Amor, não quero passar a noite hoje com você.

O QUE ELA ENTENDEU COM TPM:
- Quero ficar o mais longe possível de você, não te aguento mais, sua gorda melodramática.

-  Situação 2:

O QUE ELE DISSE:
- O que você quer de presente? Um perfume importado ou maquiagem?

O QUE ELE QUIS DIZER:
- Não faço ideia do que você vai gostar, estou tentando descobrir o que te dar.

O QUE ELA ENTENDEU:
- Amor, você está precisando de um perfume E maquiagem nova.

O QUE ELA ENTENDEU COM TPM:
- Não aguento mais olhar pra tua cara feia! E você ainda por cima fede, sua gorda!

- Situação 3:

O QUE ELE DISSE:
- Amor, bora começar a fazer academia?

O QUE ELE QUIS DIZER:
- Amor, se eu fizer academia sozinho, não vou ter paciência pra continuar.

O QUE ELA ENTENDEU:
- Amor, você ta precisando malhar, viu…

O QUE ELA ENTENDEU COM TPM:
- Pelo amor de Deus, faça alguma coisa! Não consigo passar mais um segundo se quer do seu lado, sua imensa de gorda!

- Situação 4:

O QUE ELE DISSE:
- To cansado, vamos deixar o sexo pra mais tarde?

O QUE ELE QUIS DIZER:
- Porra, meu dia hoje foi cheio, to muito cansado… Além do mais, já me masturbei mais cedo!

O QUE ELA ENTENDEU:
- Não sinto mais tesão por você.

O QUE ELA ENTENDEU COM TPM:
- O quê? Acha que eu encontrei meu pau no lixo? To ficando com outra já, uma loirinha gostosa lá do escritório, de 20 aninhos. Até parece que você consegue competir… Já tentei fugir jogando poker, já tentei comprar maquiagem, perfume, já tentei levar você pra academia, mas você não se esforça! Além do mais, quem fode gordo é estria!

RESUMINDO: Agora que você já entendeu a ideia, só tem uma solução para prevenir a situação: quando for falar alguma coisa que você ache que ela possa entender de diversas maneiras, explique PERFEITAMENTE. Exemplo:

O QUE ELE DISSE:
- Amor, vou passar a noite com os meus amigos hoje, jogando poker.

COMO DEVE SER DITO:
- Amor da minha vida, SUA LINDA! Deixa eu te falar: meus amigos estão me perturbando a séculos por uma noite de poker. Então, deixa eu fazer um sexo oral em você antes de eu ir. A propósito: você ta mais magra? Parece… Ah, quase ia esquecendo, toma meu cartão de crédito, qualquer coisa se você ficar entediada. Beijão amor =***

————

Sugestão de Gabriel Henrique