Booger Network

Sobre a Rede

Booger Network é uma compilação de blogs dispostos em diversas categorias. Estamos em fase de expansão e em breve teremos mais blogs e diferentes categorias.

Anuncie

Integer erat orci, congue sed feugiat eu, pharetra in tellus. Nulla vel est et mi fermentum ullamcorper at a justo. Fusce scelerisque nisi vehicula mauris placerat quis accumsan dolor adipiscing. Donec tempus, nibh ut volutpat fermentum, mauris sem imperdiet ante, at dignissim magna tortor in dui. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Contato

Blogueiros

Praesent ac elit metus. Ut sed sem nec lorem fringilla molestie a vel risus. Phasellus a commodo felis. Praesent at libero velit.

Leitores

Donec facilisis, sapien ut elementum faucibus, justo urna dignissim sapien, vel elementum lorem est euismod nisi.

Anunciantes

Fusce vitae nunc mi, quis faucibus orci. Nam id lorem justo. In arcu lectus, commodo eget pharetra sed, rutrum quis sapien.

O melhor do sexo

por em 8/04/2009 às 0:00

Papo com o leitor

Recebi um e-mail de uma leitora querendo saber dicas de como agradar o homem dela na cama. Eu acho complicado dizer faça isso, faça aquilo. Matérias de como agradar um homem na cama tem aos montes no Google. A maioria delas é uma verdadeira afronta a inteligência feminina. Não digo que seja mal a mulher elogiar o homem que quer conquistar. Mas tudo com SABEDORIA e EQUILÍBRIO. Em conversa com algumas amigas descobri que a maioria não sente prazer com os seus parceiros. Não é de se assustar, em qualquer revista feminina você encontra “manuais” de como fazer o seu homem feliz na hora do sexo. Por acaso você já viu na Playboy uma manchete: “Manual do sexo oral – agrade sua mulher”?

Já nascemos com um padrão de submissão elevadíssimo e sempre nos dizem que somos nós que temos que agradar e dar prazer. E o que ganhamos com essa atitude machista? Mulheres cada vez mais insatisfeitas e homens cada vez mais com problemas sexuais. Se o homem tem problema de ereção, a culpa é da mulher. Se ele não está inspirado, é culpa da parceira. Mulheres do meu Brasil acordem. É a mulher que educa o homem e cabe a nós mostrarmos o que nos dá prazer. Ser feita de capacho é algo totalmente desprovido de bom senso, inteligência e falta de auto-estima. Se você quer conquistar teu homem com erotismo e sensualidade, começou buscando da maneira errada. Chega de submissão e servidão feminina.

****

Recebi também, um tipo de memé sexual e resolvi respondê-lo. Tirando todas as baboseiras de passar para tantas pessoas e publicar não sei o que lá, você tem que citar três pontos negativos e positivos do sexo.


Agradam…

1) Sexo selvagem
Vou ser bem direta, se você quiser ter um sexo hardcore com o seu marido/namorado/pega/desconhecido esqueça o romantismo. O melhor sexo por sexo do mundo é esse. Sem promessas e falas bonitas. Sexo. Trepar. Única e exclusivamente em busca do prazer. Claro que como tudo na vida, toda regra tem sua exceção. Para alguns, o sexo carinhoso é fenomenal. Todos os sexos são válidos, desde que o parceiro saia realizado. Parta do seguinte princípio, quem curte pegada forte, não liga para as baboseiras de apaixonite aguda. É apenas sexo, prazer mútuo. Instinto carnal.

2) Sexo rápido
Sem tempos para preliminares. Em alguns casos, não se está programado para gastar o tempo com preliminares. Tipo assim, você está em uma festa com 500 pessoas e o seu pega do momento te faz um sinal maroto para você ir ao banheiro que ele já te encontra lá. Transar no banheiro é seu sonho de princesa? Não. Mas aí que está a graça da situação. Vocês têm poucos minutos até que alguém que queira usar o banheiro espanque a porta ou que seus amigos sintam a sua falta.

3) Sexo de atitude
Em sua maioria, os homens não gostam nem têm paciência para descobrir o que as mulheres preferem. Sendo assim, a mulher tem que parar de pensar que quem conduz o sexo é o homem. Levanta, pega, senta, puxa. Muda a posição e vai embora. Mostra o que você gosta, como você gosta e de que jeito. Confiança na hora do sexo é tudo. Conversar antes nunca é demais. Não ta sendo bom pra você? E você vai continuar comendo/dando mesmo assim? Pra quê? Para sair falando para todo mundo depois que teve a pior transa da tua vida?

Desanimam…

1) Sexo comprado
Existe um ditado que diz: “A diferença entre os homens e as crianças estão no preço dos brinquedos”. Isso é completamente machista, mas sensato. De certa maneira, existe a compra do sexo. Onde tanto o homem ou a mulher são comprados como um “brinquedo novo”. Aí, você vai pensar que são só garotos de programa ou mulheres da vida? Levar para jantar ou dar carona pra casa também é compra hein? Só transo se eu tiver vontade.

2) Sexo submisso
Se você aceita ser brinquedo de alguém, entre na brincadeira mesmo. Procure saber o que teu dono gosta e espera de você. Nunca, diga não. Se for algo que você realmente não goste, tente enrolar. Normalmente os adoradores de sexo submisso não costumam ser tão queridos, cada um com seus gostos. Eu dispenso.

3) Atitudes finais
Não pergunte algo do tipo “E aí, foi bom para você?”. Você sabe se a pessoa gostou ou não e vem cá, fingir orgasmo é coisa de gente idiota. Se a pessoa não gostou de nada, você ficará frustrada (o) de levar na cara algo do tipo “meu, a pior transa que eu tive”. Também não se ofereça para tirar o preservativo e se limpar na frente da pessoa, por favor. Sair contando para todo mundo que você teve uma transa animal, fará que as pessoas instiguem em cima da pessoa que você transou. Fica a dica.

****
Se eu fosse você acessaria correndo o blog da Mulher Objeto e O novo blog do Zeca conhece?

1 Comentário

  1. doqueosgaysgostam disse:

    Arrasou!!!Claro q eu adoro é sexo SELVAGEM!!Aquela coisa q qdo vai ver já foi. Intenso e sem tempo de falar nada.UI. Fiquei úmida.